Segurança

Segurança na rede: qual a importância de um firewall para uma empresa?

Sigilo e segurança em sua conectividade são elementos fundamentais para a sua empresa. O número de seu cartão de crédito e de seu CPF, por exemplo, são dados aos quais pessoas mal intencionadas não podem ter acesso. De jeito nenhum, certo? Quem preza pela segurança, portanto, precisa saber mais sobre a importância de um firewall para uma empresa.

Isso já é bem grave no caso de dados pessoais, mas o risco fica muito maior no mundo corporativo, no qual o vazamento de um dado pode ter um impacto muito maior.

Sem a adequada proteção e controle de seus links de internet, a chance de suas informações serem comprometidas é muito grande. Mau uso da rede ou mesmo ataques diretos podem gerar perdas de produtividade enormes ou mesmo danos materiais diretos.

O que é Firewall

O firewall serve para restringir o que pode entrar ou sair de sua rede. Em inglês, firewall é como são chamadas as portas antichamas. E a ideia desses dois dispositivos de segurança é semelhante: ambos protegem o ambiente de coisas perigosas, mas sem impedir o livre tráfego do que não apresenta risco.

No caso das portas de incêndio, elas contêm eventuais chamas ao mesmo tempo em que permitem o livre acesso das pessoas. Já um dispositivo de firewall, bloqueia ações que apresentam risco, mas sem restringir o acesso ao que importa.

Isso ocorre em ambas as direções: da mesma forma que ameaças são impedidas de entrar, más atitudes e mau comportamento são impedidos de sair.

Firewall de aplicação

A segurança que um serviço de firewall proporciona em sistemas simples, como em um computador pessoal, também são fundamentais para sistemas mais complexos, como os de pequenas, médias e até grandes empresas.

A maior parte dos computadores mais modernos já possui softwares com a função de bloquear e permitir a transação de dados: são os firewalls de aplicação. Possuem funções muito básicas, mas são úteis para impedir que, em caso de uma estação da rede ser atacada, as demais estações sejam atingidas.

Firewall de rede – Segurança

Firewalls corporativos têm várias funcionalidades diferentes. Cada empresa necessita mais de alguns serviços específicos. Nesse texto vamos abordar cinco desses serviços.

Filtros

Os Filtros servem para controlar o que entra e o que sai da rede como um todo. Com ele, é possível limitar o que cada elemento da rede pode fazer, restringindo a apenas o que julgar essencial. Isso reduz riscos e evita a perda de produtividade.

Restringir acesso

Limitar parte do acesso à internet nas empresas é uma prática cada vez mais comum e outro exemplo da importância de um firewall. Isso tem a ver, principalmente, com a produtividade dos colaboradores. As distrações causadas por diversos tipos de conteúdo, mesmo quando não são intencionais, podem atrapalhar, e muito, o trabalho.

A restrição a redes sociais, e-mails pessoais e vários sites não precisa necessariamente ser total. Em alguns casos, esse tipo de conteúdo também é importante. E tudo isso pode ser controlado.

QoS (Qualidade do Serviço)

Essa é uma série de mecanismos que tem o objetivo de priorizar algumas ações em detrimento de outras. Determinadas tarefas em uma rede, ou acessos a alguns sites, são mais importantes para a empresa. O QoS possibilita, por exemplo, que uma banda maior da internet seja destinada a essas tarefas.

Load Balance

As atividades de grande parte das empresas dependem cada vez mais da internet. Por conta disso, a instabilidade da rede pode causar alguns problemas e prejuízos. Para evitá-los, uma das recomendações é ter mais de um link de internet disponível.

Os firewalls do tipo Lead Balance fazem o balanceamento desses links. A cada nova conexão, ele utiliza a opção com maior qualidade.

IDPS (Sistema de Prevenção e Detecção de Intrusos)

A sigla é da expressão em inglês: Intrusion Detection and Prevention System. Suas principais funções são monitorar o tráfego de rede e identificar atividades maliciosas, gerar informações sobre estas atividades e tentar bloquear ou interrompê-las.

Ganhos com Firewall

Agora que você já entendeu o funcionamento de um firewall e conheceu os principais tipos, vamos destacar alguns pontos positivos de implementá-lo em sua empresa.

Aumento de produtividade

Uma das coisas que passa pela cabeça de quem pensa em uma rede com restrições é o bloqueio de sites e alguns tipos de conteúdo da internet.

A internet está repleta de conteúdos que dificultam a navegação. Imagine se uma parte de sua equipe fica sem acesso à internet, ou se a conexão fica mais lenta por mau uso ou má distribuição da banda. Um bom serviço de firewall é capaz de evitar esses problemas

Aumento da continuidade

Possuir mais de um link, cheveamento automático em caso de queda e conhecimento sobre taxa de problemas nos links geram aumento do nível de continuidade de toda a operação da empresa.

Redução de Riscos

O firewall com adequada implementação pode reduzir vários riscos, como por exemplo, risco de ataque, contaminação, roubo de dados e paradas nas operações.

Como ter um firewall

O tipo ideal de firewall e a estrutura necessária para seu funcionamento varia de acordo com a empresa. A iQuest possui larga experiência na implementação desse tipo de sistema. Entre em contato com a iQuest: http://www.iquest.com.br/contato/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *